Notícias   |   Peru

Crítico repórter de rádio é assassinado no Peru

Também disponível em English, Español

Nova York, 5 de maio de 2011 - Um apresentador de programa de notícias provincial no Peru, conhecido por suas críticas às autoridades locais, foi assassinado a tiros na terça-feira na cidade de Virú, norte do país, segundo informou a imprensa peruana. O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) instou as autoridades a investigar seu assassinato, estabelecer se teve relação com seu trabalho informativo e processar os responsáveis.

Julio Castillo Narváez apresentava um programa noticioso na rádio Ollantay na cidade de Virú, no departamento [estado] de La Libertad. Narváez estava almoçando em um restaurante local quando foi baleado ao menos seis vezes por agressores não identificados, indicou a imprensa peruana. Os atacantes fugiram depois de assassinar Castillo, de acordo com as informações da imprensa.

Castillo era conhecido por suas críticas às autoridades locais, ressaltou o grupo regional de imprensa Instituto Imprensa e Sociedade (IPYS) em um comunicado divulgado na quarta-feira. Os meios de comunicação informaram que Castillo havia recebido vários telefonemas com ameaças de morte. Depois que um de seus recentes informes sobre um político local resultou em atos de vandalismo contra a emissora, a Ollantay pediu proteção para a rádio e para Castillo. A polícia não forneceu proteção, disse o IPYS.

A polícia abriu uma investigação e está considerando o trabalho informativo de Castillo como um possível motivo, segundo o IPYS.

"As autoridades peruanas devem realizar uma investigação minuciosa sobre o assassinato de Castillo Narváez e determinar se suas críticas às autoridades locais podem ter motivado o crime", declarou Carlos Lauría, coordenador sênior do programa das Américas do CPJ. "Os autores deste crime devem ser processados e as autoridades devem garantir que os jornalistas críticos possam trabalhar sem temor de represálias".

Publicado

Gostou deste artigo? Apóie nosso trabalho