Go »
  Go »

Peru

2008




PERU:

Nova York, 18 de abril de 2008
—O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) saúda a condenação de dois homens pelo assassinato, em março de 2007, do jornalista Miguel Pérez Julca, determinada na quarta-feira por um tribunal peruano.

A Sala Mista de Jaén, cidade no noroeste do Peru, condenou Juan Hurtado Vásquez pela autoria intelectual do assassinato de Pérez e Nazario Coronel Ramírez, também conhecido como “Chamaya”, por cumplicidade no crime, segundo informes da imprensa local. Hurtado recebeu uma sentença de 27 anos de prisão e Coronel foi sentenciado a 19 anos de prisão, informou o jornal de Lima El Comercio. O tribunal também determinou que os dois homens pagassem uma indenização de 35.000 soles peruanos (US$ 13.000), informou o El Comercio.

« precedente: 2007 | seguida: 2010 »

  Go »

Tamanho do texto
A   A   A
CONTATO

Américas

Coordenador sênior do Programa:
Carlos Lauría

Pesquisador Associado:
Sara Rafsky

clauria@cpj.org
SRafsky@cpj.org

Tel: 212-465-1004
Ramais 120, 146
Fax: 212-465-9568

330 7ª Avenida, 11 º andar
Nova York, NY, 10001 Estados Unidos

Categorias recentes
subscreva
Peru Fonte Atom